Rua Capitão Francisco Padilha - São Paulo/SP

Tel: (11) 99596-2720

FAQ

Sobre o Sistema Solar

A concessionária permite que eu gere energia?

Sim, desde 2012 com a Resolução Normativa da ANEEL 482/2012, é permitido.

Como funciona o sistema?

As placas/módulos convertem a luz do sol em eletricidade através do efeito fotovoltaico. Essa eletricidade vai até o inversor onde a mesma é convertida em energia elétrica compatível com a nossa residência e a rede da concessionária.

Como sei quantas placas preciso instalar no meu sistema?

Para fazer essa conta, você precisa saber seu consumo médio mensal de energia (em kWh) e o fator gerador da sua cidade. Além desses, outros fatores são levados em conta para estimar a sua geração, como o sombreamento e a inclinação do telhado, além da orientação (superfícies voltadas para o norte tem maior irradiação solar). Através da nossa tecnologia, a plataforma da Holu leva em conta todos esses fatores para te apresentar um orçamento ideal para o seu projeto.

O que é o inversor? Para que ele serve?

O inversor é o equipamento que converte a energia gerada nos módulos (Corrente Contínua - CC) em uma energia compatível com a nossa residência e a rede da concessionária (Corrente Alternada - CA).

O que é kWh? Qual a diferença entre kWp

O kWh é a unidade de medida que aparece na sua conta de luz. Ela significa a quantidade de energia consumida ou gerada - no caso de sistemas solares. Já o kWp é a unidade de medida que você utilizará para comprar um sistema fotovoltaico. Significa o total da potência instalada dos módulos - ou seja, se você tem 10 módulos de 335Wp, você terá um sistema de 3.350Wp ou 3,35kWp. Atenção! Não necessariamente a potência instalada será igual a potência gerada devido à fatores climáticos ou sombreamento.

Ao instalar um sistema, vou me desconectar da rede da concessionária?

Não necessariamente. O usual para residências que já estão conectadas à rede é a instalação de um sistema on-grid. Já para casos de lugares mais remotos, a opção é um sistema off-grid. Existe ainda a opção de um sistema híbrido.

Qual a diferença entre um sistema On-Grid e Off-grid?

On-grid é o sistema conectado com a rede da concessionária de energia, nesse modelo é necessário pedir autorização para concessionária para realizar a conexão. Já o sistema Off-Grid é um sistema remoto que conta com um banco de baterias, nele não há conexão com a rede da concessionária. Esse tipo de projeto costuma ser mais caro e recomendado para lugares com difícil acesso à rede.

Vou me livrar da minha conta de luz após a instalação?

Não, quando bem calculada a instalação do sistema garante que seu consumo de energia seja zerado. Ainda assim, existe uma taxa de disponibilidade que a concessionária cobra caso não haja consumo: para entradas monofásicas - relativo a 30 kWh/mês; bifásicas - relativo a 50 kWh/mês, trifásicas - relativo a 100 kWh/mês. Além disso, algumas concessionárias ainda cobram uma taxa de iluminação pública, e em alguns estados é cobrado um imposto de injeção de energia.

Como funcionam os créditos de energia?

Ao instalar o seu sistema solar, seu relógio de energia é trocado por um bidirecional, que anda tanto para frente quanto para trás. Assim, no final do mês é apresentado um sumário do total da quantidade de energia injetada vs a energia consumida. Caso você injete mais energia do que consome durante um mês, você terá créditos vinculados ao seu CPF/CNPJ. Esses créditos podem ser abatidos de outras contas em até 60 meses, sendo da mesma unidade consumidora ou de outra unidade dentro da mesma área de concessão e do mesmo CPF/CNPJ.

Caso eu me mude e não queira ficar com o
sistema, o que acontece com os créditos?

Os créditos de energia ficam vinculados ao CPF/CNPJ do titular, caso você se mude para uma casa sem um sistema de energia solar, seus créditos se mudam junto com você.

Sobre a geração de energia do seu sistema

Posso vender a energia que eu gero?

Não… :( no Brasil é proibida a venda de energia, mas você pode usar os créditos em outra(s) residência(s), contanto, que estejam sobre a mesma concessionária de energia e tenham o mesmo titular de conta (CPF ou CNPJ).

Meu sistema vai funcionar a noite?

Os sistemas On-grid desligam a noite, pois eles só ficam ligados enquanto há sol. Durante a noite o cliente usa a energia que vem da concessionária; porém como durante o dia existe a injeção de energia na rede, esse consumo será abatido dos créditos. Os sistemas Off-grid ficam ligados a noite, através do banco de baterias que foi carregado durante o dia…

Se acabar a luz, meu sistema (on-grid) desliga?

Sim, por medidas de segurança, quando há falta de energia o sistema desliga automaticamente - isso porque podem existir técnicos trabalhando na rede desligada, não podendo haver nenhuma outra fonte geradora injetando energia na rede. Já sistemas off-grid não são afetados por faltas de luz na rede.

Meu sistema vai gerar em dias nublados ou chuvosos?

Sim, mas em menor quantidade comparado a um dia de sol.

Sobre a instalação de um sistema solar

Quanto tempo dura a instalação?

A instalação varia de acordo com o tamanho do sistema e complexidade do local de instalação, mas em média a duração das instalações é a seguinte: 1-5kWp de 2 a 3 dias; 6-15kWp de 4 a 8 dias; 15-25kWp de 8 a 15 dias, acima de 25kWp apenas com uma análise prévia do local.

Os módulos são instalados na minha telha?

Não, a estrutura de fixação do sistema é presa na estrutura do telhado, ficando com mais ou menos 3cm entre a telha e os módulos.

Como é feita a infraestrutura elétrica?

Toda infra é aparente, caso queira a instalação embutida, é preciso contratar uma mão de obra especializada em reforma ou construção civil.

Qual o prazo de entrega dos equipamentos?

A data de entrega prevista dos equipamentos costuma girar em torno de 5 a 10 dias úteis após a aprovação do pagamento.

Posso instalar no meu apartamento?

Caso seja morador da cobertura e tenha telhado próprio do apartamento, sim, estará liberado para instalar. Caso não more na cobertura, deverá solicitar autorização em uma assembléia do condomínio.

A instalação pode ocorrer em dias de chuva?

Não. A instalação só pode ocorrer sem chuva, isso porque as telhas ficam frágeis e/ou escorregadias, e podem trazer perigos ao instalador ou acontecerem quebras de telhas.

O que acontece no caso de quebra de telhas durante a instalação?

Esse tipo de acidente pode acontecer durante a instalação, apesar de não ser tão comum. Porém, caso isso aconteça durante a sua instalação todos os custos estão cobertos pela garantia Holu de qualidade!

Sobre as garantias e manutenção

Os equipamentos tem garantia?

Sim, módulos tem 10 anos, inversores de 5 a 7 anos e a instalação tem 1 ano de garantia.

Qual a vida útil dos equipamentos?

Os módulos têm 25 a 30 anos de vida útil e inversores de 13 a 15 anos.

Vou ter que trocar o inversor em algum momento?

Sim, mas apenas daqui a 15 anos, onde a tecnologia estará mais evoluída e os preços mais baratos.

Como é feita a manutenção do sistema?

O sistema exige o mínimo de manutenção, apenas uma limpeza dos módulos por ano, caso chova já faz boa parte do trabalho de limpeza. A limpeza pode ser feita com água e um pano limpo.

Sobre a Holu

O que está incluso no preço que eu vejo no site?

No orçamento que você recebe estão inclusos os preços de equipamentos (módulos, inversor, cabos, estrutura de fixação e todos os outros equipamentos necessários para a instalação do seu sistema solar), a instalação e a homologação junto à concessionária.

No caso de um problema com a minha instalação, com quem eu falo?

A Holu lida com todas as etapas da instalação do seu sistema solar. Enviamos um instalador da nossa rede de parceiros para fazer a instalação em si, mas cuidamos de toda burocracia para você. No caso de qualquer problema ou dúvida você pode entrar em contato direto conosco.